Bem vindo...

...bem vindo a porta que te levará a viajar comigo; que te fará meu companheiro(a) em cada nova aventura... e história nas antigas; venha, vamos juntos conhecer o mundo... Andarilho.

Quem sou eu

Minha foto
Rolim de Moura, Rondônia, Brazil
...Motociclista aventureiro, apaixonado pela vida e pela liberdade... ...Antonio o Andarilho; é natural de Dourados –MS, tem 42 anos; autodidata em moto turismo; é otimista, prega e tem por objetivo: viver a vida intensamente com responsabilidade; preza pela direção defensiva e responsabilidade no trânsito, é disciplinado e adora desafios; membro das redes: Brazil Rider's, AME-BR e Irmandade Sem Fronteiras ; fundador e membro ativo do Moto Grupo Expedicionários da Amazônia; também membro da Iron Butt Association, Iron Butt # 45.581 do mundo; não é apegado a bens materiais; vive em Rolim de Moura –Rondônia -Brasil, com sua esposa e dois filhos menores; ex militar do Exército, atualmente comerciante; possui vasta experiência em viagens de curto, médio e longo alcance; e tem prazer em planejar, organizar e executar expedições, viagens e passeios; sempre muito bem acompanhado por sua fiel companheira "Sarita", sua Nx 350 Sahara 1999, a qual possui e viajam juntos a muitos anos; conhecedor da mecânica básica de motos; fala espanhol; e possui curso e estágio de 1ºs socorros e sobrevivência do Exército Brasileiro. Informações e contato; e-mail: andarilhoexpedicoes@gmail.com

sábado, 15 de abril de 2017

Expedição Machu Picchu; 11º dia-12 de julho de 2008

Depois de quase 10 anos encontrei meu caderninho com nosso diário de bordo e então estou postando...

Levantamos tomamos café e fomos para o Lago Titicaca, conhecer as Ilhas Flutuantes Los Uros; lá aprendemos como são feitas as ilhas, as cabanas; o que comem, e todo seu artesanato. Tiramos muitas fotos, brincamos uma capoeira (para inglês ver), o pior que viram e gostaram, fizeram várias fotos de "nossa apresentação" kkkkkkkkk...  fizemos alguns amigos, como por exemplo o casal de cariocas Nelson e Cláudia; e então retornamos a cidade. O Lago Titicaca é imenso e lindo demais; realmente vale a pena conhecer.

À tarde enquanto o Roberto colocava umas fotos no blog; saí para comprar óleo para as motos e fazer algumas fotos da rotina dessa linda cidade. Quando cheguei, trocamos o óleo das motos e fizemos um check-up nas companheiras de aventura. À noite depois do banho, saímos para jantar; o Restaurante Balcones de Puno, foi nossa escolha; já que gostaríamos de assistir a danças típicas durante nosso jantar; tudo ao vivo. Lindo demais. Lá conhecemos o Eder, e sua filha Marisa, de Ribeirão Preto - São Paulo; pessoas muito agradáveis. O Eder também é motociclista; mas estava com a filha e por isso veio de avião. Tiramos fotos, trocamos contato e fomos para o hotel em meio ao frio cortante, descansar.

 Lago Titicaca; o lago navegável mais alto do mundo. 3.800 m.s.n.m.

 Café da manhã no hotel

 Bicicletáxi... eu que inventei esse nome viu, kkkkkkkk...



 Cais do Lago Titicaca; de onde partem os passeios para as Ihas Flutuantes Los Uros

 Artista local, ganhando alguns soles dos turistas

 Canal que leva às ilhas flutuantes





 Barco de totora

 Bien venidos... a La Isla Flotante Taypi Kili

 Guarita que serve para vigilância e também passar ou repassar mensagens a outras ilhas.



 Aqui o guia(de preto) vai explicando e o presidente da ilha(de amarelo) vai demonstrando como eles constroem uma ilha flutuante, bem como tudo de que precisam ali... além da caça e da pesca.

 Raiz da totora, tipo xaxim; serve de base para a construção da ilha

 Aqui nós juntamente com vários outros turistas assistimos atentos a demonstração, sentados num banco feito de totora



 Enquanto isso as mulheres Uras vão fazendo seus bordados

 Experimentando a totora verde



 Ave típica do lago; muito apreciada entre os Uros

 Peixes nativos do lago

 Lindos artesanatos; tudo feito a mão.

 As mulheres da ilha cantando para os turistas

 Criança com o rosto queimado pelo sol e pelo frio

 Coisa de brasileiro... kkkkk...

 Coisa de turista... kkkkk...

 Dentro das casas dos Uros











 Barco de totora

 Fogão dos Uros. Se eu fosse fazer uma comida aí...  ...logo gritariam: pulem na água que a ilha pegou fogo!



 Carranca de totora

 Outras ilhas vistas de cima da guarita



 São várias pequenas ilhas, cada uma com seu presidente e algumas famílias







 Na guarita



 Vista de cima



Roberto subindo 



 Placas de captação de energia solar; segundo eles doadas pelo Presidente Fujimori

 Nosso barco

 Minha vizinha de ilha, na guarita dela só observando

 Começou esquentar, tiramos as jaquetas e começamos a tomar bastante água

 Trutas sendo criadas em tanques rede

 Cerveja Cusqueña



 Capoeiristas brasileiros fazendo uma apresentação kkkkkkkkkkkk

 Cada salto era um flash kkkkkkkkk

 Roberto comprando umas lembrancinhas

 Barcos de totora, e ao fundo na encosta a cidade de Puno





 Lindas crianças Uras

 Linda essa menina Ura

 Voltando para Puno







 Segundo eles, esse barco seria a Mercedes Bens do Titicaca

 Igreja Adventista

 De volta ao canal que leva a cidade

 Roberto e o casal de cariocas, Nelson e Cláudia

 Farol do Titicaca no cais em Puno

 De volta a Puno

 O fusca é mundial



 Dando um talento na bota; na verdade uma desculpa para aprender algumas palavras mais com o menino engraxate.

 Um peruaninho comprando quirera de milho para dar aos pombos

 Olha a festa dos pombos aí

 "tudo isso acontecendo e eu aqui na praça dando milho aos pombos"... kkkkkkkkkkk...

 Tive que dar um colinho pra ele; sempre que posso dou um colinho... é uma forma de amenizar a saudade dos filhos durante a viagem.

 Palácio de Justiça de Puno

 Igreja da Praça de Armas de Puno





 Gostei do camuflado

 3.800 m.s.n.m. e o povo jogando bola de boa, kkkkkkkkkkk



 Feira de rua em Puno

 Comprando óleo pras motos

 Cambiando el aceite

 Restaurante Balcones de Puno

 Músicas e danças típicas ao vivo; muito bom



Eder e sua filha Marisa de Ribeirão Preto-SP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário